5.8.15


"Voar baixo para não esquecer o chão. Voar alto e selvagemente para soltar as minhas grandes asas. Até agora parece-me que eu não voei grande."

Clarice Lispector, Um sopro de vida

Sem comentários:

Enviar um comentário