17.12.14

Outros corpos

...

há dias em que o lápis te foge, resiste como um objecto estranho
persistes, esboças o rosto de cera apercebido no espelho, no fundo quieto do rio
sorris
o lápis volta a obedecer-te
no rosto abrem-se olhos, flores, águas, cristais, lodos, geometrias, fogos, animais sem nome que deixas à solta fora do teu corpo, em precária liberdade.

Al Berto

2 comentários:

  1. Venho desejar um Natal brilhante de alegria, iluminado de amor, cheio de harmonia e completo de Paz
    Beijinhos
    ೋღღೋ FELIZ NATAL ೋღღೋ

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Feliz Natal, Lilá(s)! um enorme beijinho!

      Eliminar

neblina

o rasto de fumo apagava-se na porta entreaberta e ficava o silêncio da noite e uma ou outra palavra por dizer. O cheiro do cigarro apagado e...