10.8.14

Lua cheia



Dedico esta música à Lua e seus infinitos encantos e angústias. Dizem que move marés e emoções. Eu sinto-me bafejada pelas suas magias no bem e no mal. Ainda que pura imaginação não quero arriscar, acho-a verdadeiramente poderosa. Deixei a janela aberta e desejo essa luz branca no silêncio das paredes e no ar que respiro e que às vezes me falta. Poderia lhe dizer mil e uma palavras mas em vez disso aguardo segredos contados naquela solidão de um só céu. És simplesmente linda...

2 comentários:

  1. Fiquei com os olhos brilhantes ao ler o teu texto enquanto ouvia a música.

    beijos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. é linda a música! Obrigada!
      grande beijinho!

      Eliminar

neblina

o rasto de fumo apagava-se na porta entreaberta e ficava o silêncio da noite e uma ou outra palavra por dizer. O cheiro do cigarro apagado e...