17.3.13

tarde de domingo

Sentei-me ao sol na cadeira tosca da varanda, não há nada que me dê mais aconchego que uns raios de sol no meio de uma tarde fria. E que mais posso pedir de uma tarde de domingo? Isto mesmo, e respirar de alívio porque o barulho do rés-do-chão terminou desde que comecei a escrever. Decidi guardar para mais tarde as ansiedades que me assaltam o pensamento como pragas ao pôr-do-sol de todos os domingos. E vou sugando esta pequena calma com que o sol me engana em jogos de esconde-esconde. Os miúdos chamam-me e é sempre esta dualidade, estar e ser ou ser e estar. Poderia ter feito tanta coisa hoje, e talvez nada fiz. Ainda vou a tempo se não me deixar levar pela cor do céu quando já de cinzento as horas contarem.

6 comentários:

  1. Eu sou um fã gigantesco do que escreves! Quando me lembrei de publicar excertos do "Livro do Desassossego", foi por causa de ti que o pensei!
    Não estavas à espera que te dissesse isto, pois não?! Tu fizeste-me recordar o mais óbvio de todas as minhas inquietações! Escolhi o post perfeito para partilhar isto contigo!
    beijo!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hugo, muito obrigada pelas tuas palavras de incentivo, mesmo!
      um dos livros que quero muito ler. neste momento estou a ler, "Não é meia noite quem quer" de Antonio Lobo Antunes, estou a gostar muito.

      beijinho grande!

      Eliminar
  2. o sol numa tarde de domingo: baú de metáforas.

    beijinho!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. e infinitamente à espera do sol...

      beijinho, amigo!

      Eliminar
  3. À espera do sol, à espera da luz, mas o final da tarde de domingo traz sempre consigo outras inquietações...
    Uma escrita introspectiva que toca no fundo de cada um.

    Beijo :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. as tardes de domingo têm um toque de angustia, e não te sei explicar esta sensação...

      obrigada, AC!
      um beijo

      Eliminar

neblina

o rasto de fumo apagava-se na porta entreaberta e ficava o silêncio da noite e uma ou outra palavra por dizer. O cheiro do cigarro apagado e...