10.1.13

entardecer hoje em lisboa

fotografias de Andy

12 comentários:

  1. andy, amiga de lisboa e das suas canções,
    eis-me aqui, diante da tua cidade - não a de berço mas a de adoção - que é todas as tuas palavras e silêncios, os teus dias, o teu tejo, as tuas ruas de pedra a ascender a tempos imemoriais... também aqui, na voz da carminho, as imagens se fazem pedra e gente, umas e outras de verdade, essa verdade que talvez exista antes de nós. e nelas me passeio para me reencontrar.

    beijinho!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. querido amigo,
      sempre emoção, e melodia, as tuas palavras!
      lisboa foi a cidade que me estendeu os braços, os mais poéticos que poderia ter sonhado, e os versos da vida vão se construindo entre silêncios, caminhos e céus que me ouvem.

      beijinho grande!

      Eliminar
  2. Amo Lisboa Andy

    Bonitas fotos.

    Beijinho grande

    Blue

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :-) muito obrigada, Blue!

      um enorme beijinho

      Eliminar
  3. A beleza de Lisboa nas tuas fotos. Gosto de todas, mas gosto mais da primeira.

    beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também Hugo, tb prefiro a primeira :-)
      obrigada
      beijinho.

      Eliminar

  4. Saudades da minha Lisboa...
    As fotos ( belíssimas), falam com a minha pele como se soubessem o que eu preciso de ouvir.

    Um beijinho grande, amiga querida.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. lisboa e as suas ruas...como dizes quase nos falam segredando o que precisamos ouvir.

      enorme beijinho, querida amiga!

      Eliminar
  5. No local de onde tu tiraste a primeira foto, no pilar que fica ali do lado esquerdo, já houve um stencil muito fixe do qual eu tenho uma foto, mas que agora já não existe!

    beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. caso para dizer, até as paredes conheces... :-)

      beijinho, Hugo!

      Eliminar

neblina

o rasto de fumo apagava-se na porta entreaberta e ficava o silêncio da noite e uma ou outra palavra por dizer. O cheiro do cigarro apagado e...