7.9.12

fotografia de Andy
mistérios de uma janela

6 comentários:

  1. Andy
    Dentro do minimalismo, este visual está mais limpinho...
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. olá Miguel :)!
      pois, está mais arrumadinho, mas ainda assim...
      um grande beijinho e abraço!

      Eliminar
  2. vês, nem sempre é preciso escrever
    mas nas tuas fotografias escreves sempre, só que ainda não te apercebeste pois não?

    beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :) fizeste-me pensar nisso... é quando as imagens podem falar por nós, subtilmente escrevem emoções. cada vez gosto mais de fotografar.

      beijinho, querida Laura!

      Eliminar
  3. Diria que a claridão é do sol. Ou do fogo.
    Bela fotografia Andy.Pode ser vista de várias perspectivas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ola Miguel. esta fotografia foi tirada na Fábrica da Pólvora, instalações que datam desde 1791, por isso descrevem uma história longa e incomparavel. esta fábrica era responsável pelo fabrico de uma diversidade de produtos de polvora para fins militares. encerra por definitivo as suas actividades em 1988. sendo que actualmente estas instalações pertencem agora à camara municipal de oeiras e são sobretudo para fins culturais, lazer, e divertimento. existe aqui o museu da polvora negra.
      e como bem dizes, esta fotografia faz lembrar fogo, ou o sol que ali acordou para tantos dias de arduo trabalho.

      beijinho, Miguel!

      Eliminar

neblina

o rasto de fumo apagava-se na porta entreaberta e ficava o silêncio da noite e uma ou outra palavra por dizer. O cheiro do cigarro apagado e...