19.5.12

.

fotografia de Andy 

erva espezinhada poeira de sal nas unhas
dedos cansados de escutar o envelhecido latejar das pedras
olhar vago rasando o mar...azulino pássaro
no vagar do vento vem abrigar-se no meu peito
...
Al Berto

6 comentários:

  1. e no peito, a voragem do silêncio.

    tu e al berto, de mão dada. bonito de se v/ler.

    beijo, minha amiga!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. o quanto gosto do que escreve, al berto!

      beijinho, querido amigo!

      Eliminar
  2. e ele gostaria de certo destas tuas fotografias

    adorei o tom sepia... revivalista

    beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :-) al berto escreve poemas que inspiram fotografias e mesmo pinturas, neste caso foi a fotografia que encontrou morada nas suas palavras.

      obrigada, querida Laura :-)!
      beijinho

      Eliminar
  3. Andy,
    e o peito se abre com esse abrigo na pausa que norteia o pensamento.

    Beijos e ótima semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. belo sentir, querida Cecília! :-)

      um beijo de óptima semana

      Eliminar