19.4.12

fotografia de Andy

para que não se apague esta frágil escrita
preciso do doce e amargo de boca
da dentada até ao centro de tudo
do suspiro a rondar todas as formas
preciso...

12 comentários:

  1. Respostas
    1. obrigada, mfc!
      a escrita por um fio também agradece :-)
      beijinho
      e abraço!

      Eliminar
  2. Calma aí! aumenta lá a letrinha que depois a gente conversa...
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :-)) fizeste-me rir a sério, tens toda a razão Lilá(s)!
      até o tamanho da letra está por um fio...mas vou tratar do assunto!
      beijinhos!

      Eliminar
    2. Andy,

      Eis
      a palavra escrita
      ao serviço de tão bela imagem
      que nos remete
      para
      "o centro de tudo",
      afinal
      o centro da vida.

      Vital!

      A partir deste domingo de sol e nuvens
      Uma boa semana
      Grande beijinho

      Eliminar
    3. Petrus,
      vital também é a tua palavra aqui no lua :-)
      obrigada e o desejo de um feriado cheio de sol!
      beijinho grande

      Eliminar
  3. é a boca que escreve. é a boca esse bailarino tímido, quase indeciso, em cima da toalha, agitando-se mo[vi]mentos de chocolate e café. e nele a certeza de nenhum excesso vocal :)

    beijinho!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. a boca e esse tremendo poder sensorial, tímido, indeciso, mas rendido e sem demoras a tudo o que seja chocolate... :-))

      beijinho, amigo!

      Eliminar
  4. a boca ordena, fazemos lhe então a sua vontade

    beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. não há outra hipótese, ou melhor, dificilmente há...
      :-)) beijinho, Laura!

      Eliminar
  5. A necessidade de "provar" a vida, de a sentir a palpitar, é algo que muito diz a todos nós...
    Adorei, Andy!

    Beijo :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. e não haverá forma mais pura, senão vivê-la até ao cerne das emoções, sentindo-lhe o sabor :-)
      muito obrigada, AC!
      bom ver-te por aqui
      beijinhos!

      Eliminar