29.12.11

sem nome

Andy

.
o que é uma janela numa tarde fria?
de que servirá?

as mãos vestiram-se de frio
à espera do sol,
ténues feixes de luz, esculpindo verbos, conjugações e razões

o que é um poema sem nome?
de que servirá?

imperceptível borboleta sobre a pele,
voa, pousa e volta a voar...

12 comentários:

  1. a tua escrita é balão de hélio, leve, a erguer-se acima de todas as mãos que ousem travar-lhe o desejo de voo. e assim entras em 2012, com o olhar bem próximo das estrelas.
    beijinho e um feliz ano novo, querida amiga!
    p.s. já tinha saudades desta música dos coldplay... eles agora andam por outros ritmos...

    ResponderEliminar
  2. Um poema assim vale um sorriso enorme pela muita sensibilidade que exala!

    ResponderEliminar
  3. Com ou sem nome, sempre incrivéis as tuas postagens!!
    Que 2012 te continue a trazer tão belas inspirações.
    Bom ano
    Bjs

    ResponderEliminar
  4. Andy,

    Quando o poema acontece
    uma lufada de ar fresco
    enche o peito
    e dá asas ao sonho!

    Um Bom Ano de 2012, repleto de amor e ventura.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  5. Jorge,
    é onde os instantes moram também, bem perto das estrelas! :-)
    Um feliz feliz ano novo!
    Beijinho,
    querido amigo! p.s. é verdade, em relação aos coldplay, gostei muito desta fase, deste album "a rush of blood to the head"...têm se conservado sempre em alta...

    ResponderEliminar
  6. mfc,
    obrigada pelo teu sorriso, razão para sorriso duplo! :-)
    um feliz ano novo!
    beijinho

    ResponderEliminar
  7. Lilá(s),
    um imenso obrigada pelas tuas palavras sempre tão incentivadoras!
    que 2012 nos traga boas inspirações!
    beijinho enorme
    um feliz ano!

    ResponderEliminar
  8. Petrus,
    escrever faz-nos voar, e não há limites para os sonhos!
    Obrigada, Petrus!:-) Um ano grandiosos, também te desejo!
    beijinho

    ResponderEliminar
  9. Miguel,
    muito obrigada!
    um feliz ano novo
    e um grande beijinho.

    ResponderEliminar
  10. Andy:
    gostei muito do poema apesar das interrogações.

    ´✫¸.•°*”˜˜”*°•✫
    ..✫¸.•°*”˜˜”*°•.✫
    ☻/˚ ✰˚ ˛★* 。 ღ˛° 。* °♥ ˚ • ★ *˚ .ღ 。
    /▌ ˚ Feliz 2012 !!! Saúde. ˚ ★
    / \ ˚. ★ *˛ ˚♥* ✰。˚ ˚ღ。* ˛˚ ♥ 。✰˚*
    beijinhos
    e
    tudo de bom.
    Em@

    ResponderEliminar
  11. Em@,
    obrigada! :-)
    um feliz ano novo repleto de coisas boas!
    beijinhos

    ResponderEliminar

neblina

o rasto de fumo apagava-se na porta entreaberta e ficava o silêncio da noite e uma ou outra palavra por dizer. O cheiro do cigarro apagado e...