6.11.10

.


deixei a música tocar pela casa
e guardei os desenhos debaixo da pele

10 comentários:

  1. Só me ocorre uma expressão: equilíbrio interior.

    Beijo :)

    ResponderEliminar
  2. Gostei muito,suave...!fantastico.continua!

    ResponderEliminar
  3. deixei a música tocar pela casa
    e guardei a pele sob o traço.
    um beijo, amiga!

    ResponderEliminar
  4. AC,
    não perco a esperança de o encontrar.
    Beijinho :-)

    ResponderEliminar
  5. Patrícia,
    bom ver-te por aqui!
    obg pelas tuas palavras de incentivo, continuar é o meu desejo... :-)
    Beijinho

    ResponderEliminar
  6. Lilá(s),
    são tantas as vezes, que sublimamos mesmo aquilo que ficou antes do traço, tocar o papel.
    Entrego-o à música que fica a tocar...
    Beijinho :-)!

    ResponderEliminar
  7. Jorge,
    belíssima a tua frase!!
    Beijinho amigo :-)

    ResponderEliminar
  8. Andy

    ... e assim te desenhas, essência da tua própria partitura.

    Lindo!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Maria João,
    obg pela tua presença e palavras :-)
    Beijo

    ResponderEliminar

neblina

o rasto de fumo apagava-se na porta entreaberta e ficava o silêncio da noite e uma ou outra palavra por dizer. O cheiro do cigarro apagado e...