21.9.10


Já me esquecia de um pequeno momento como este... talvez me faltem palavras, porque no instante em que as sinto, já partiram em formas e sensações, deixando de ser parte da voz ou até minhas... pequenos pássaros leves sob um arco-íris.
E sublimadas ficam, como que numa tela de aguarela tão suave que se esfumaçam diante dos olhos húmidos e só a memória da pele as guarda.
Mas chega, chega de apoiar a cabeça densa de pensamentos e só depois perceber já com os cotovelos gastos, que a vida não tem de ser sempre difícil. Que a voz não tem sempre de cantar no limiar de um violino e que os céus até se podem abrir em rebentos dias de sol num céu de nuvens que chove.
Suspirarei então morta de alívio, colhendo as flores azuis ou vermelhas que o dia me segredar.
Resta-me o sorriso que dá cor ao coração, e de mãos e braços abertos me deslumbrar em paz, saudando tudo isto...
Não terei que voar, mas levitar estará sempre á mão de uma emoção, de um olhar, de uma canção ou palavra...

12 comentários:

  1. Andy,
    permite que te deixe este link:
    http://www.youtube.com/watch?v=dRTqFjflgto
    O resto tu saberás!
    Beijos

    ResponderEliminar
  2. "Resta-me o sorriso que dá cor ao coração, e de mãos e braços abertos me deslumbrar em paz, saudando tudo isto..."

    Ainda bem que há dias assim.

    Beijo :)

    ResponderEliminar
  3. Tanta doçura e ternura, consegui sentir tudo isso!

    Um beijinho, doce*

    ResponderEliminar
  4. Maravilhoso o video e adoravél o teu texto, obrigada por este bom momento.
    Beijos

    ResponderEliminar
  5. Grandes Palavras Andy !!

    Apetece voar ... :)

    Beijinho

    ResponderEliminar
  6. LauraAlberto, muito a propósito o link que me deixaste. Quando vi esta mensagem de António Feio, foi só após o seu falecimento e de facto fiquei presa às suas palavras porque é impossível não ficar!
    ...um desafio à própria vida.
    Assim como uma entrevista que deu num programa, de uma simplicidade que tanto me dizia
    Laura obg p'la tua presença, gosto de te sentir aqui.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  7. AC,
    tem de existir dias assim para compensar outros...
    Beijinho :-) Obg!

    ResponderEliminar
  8. Obg Anita, p'la tua presença sempre tão carinhosa!
    Beijinho

    ResponderEliminar
  9. Lilá(s),
    fico tão contente por teres gostado.
    Beijinho!

    ResponderEliminar
  10. bluebutterfly!
    Obg :-) e obg por estares aqui.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  11. "e que os céus até se podem abrir em rebentos dias de sol num céu de nuvens que chove...

    Lindo!!

    Um beijo pra ti!

    ResponderEliminar
  12. Olá Márcia!
    Obg, muito bom ver-te por aqui :-)
    Volte sempre. Beijo!

    ResponderEliminar