18.8.10

a tarde perdia o esplendor do dia porque o sol morno parecia brando e pequeno, no céu raiado de luz e pintado de laivos brancos. Vesti os braços porque o vento fazia aumentar uma qualquer sensação de desaconchego. As 8h de trabalho tinham parecido o dobro, e o pensamento desdobrava-se nas múltiplas imagens do dia. calei as incertezas com a célebre frase “fizeste o teu melhor”... e quis esvaziar o pensamento de tudo o que me prendia o sorriso.
Aconcheguei de novo o casaco que o vento teimava em descobrir o ombro, olhei mais uma vez o céu, não tão alto como em outros dias e caminhei a passos lentos dando tempo de recuperar o fôlego do dia.
Entrei no shopping da minha rua decidida a resgatar um pequeno sabor a verão ou sorriso escondido. Estava quase vazio, deu-me mais espaço para desenrolar pensamentos. Parei na loja das velas e incenso, ahh como há aromas capazes de devolver brilhos de sensações! Inspirei longamente e disfarçadamente, poderia alguém não entender.
A livraria estava vazia, não me senti com forças para lá entrar sem nada trazer. A montra da sexshop, um olhar de soslaio, e um sem número de cores e feitios, um arco-iris? primavera? ou uma silenciosa gargalhada.
A florista, rosas brancas, flores do campo e tulipas, fizeram-me sair de sorriso a despontar no canto dos lábios.
Que amanhã seja mais breve e leve...

7 comentários:

  1. que assim seja e assim será.

    como sempre, gostei do teu texto. consegui visualizar os teus passos e até o teu olhar de soslaio e o sorriso malandro em frente à sexshop eheheh
    beijo

    ResponderEliminar
  2. Contado assim, as 8 horas não foram pesadas e há sempre algo que alivia. Quem dera que fossemos todos assim.

    ResponderEliminar
  3. Obg Em@ :-)!
    apesar do sorriso, a verdade é que não me inspiram grandemente...
    beijo grande

    ResponderEliminar
  4. Miguel,
    às vezes nem o sol alivia, há dias!
    beijinho

    ResponderEliminar
  5. Miguel:
    Fico contente por te ver por aqui, :)))
    abreijo

    ResponderEliminar
  6. "que o amanhã seja mais breve e leve."
    chego tarde, amiga. esse amanhã é já um ontem... oxalá tenha sido breve e leve...
    um beijinho!
    p.s. adorei a foto da tua última postagem!

    ResponderEliminar
  7. só hoje foi mais leve e breve...ufa!

    há imagens que falam por si só :-)
    beijinho amigo

    ResponderEliminar

neblina

o rasto de fumo apagava-se na porta entreaberta e ficava o silêncio da noite e uma ou outra palavra por dizer. O cheiro do cigarro apagado e...