22.8.10


seria difícil para mim viver sem janelas

8 comentários:

  1. P.S. esta janela não é minha :-) mas não me importava nada que fosse!

    ResponderEliminar
  2. ia justamente perguntar-te se tinhas o privilégio de desfrutar do que esta janela oferece em tua casa :)
    um beijinho!

    ResponderEliminar
  3. a propósito, há um selinho no viagens de luz e sombra para ti! foi a jb, do "em tons de azul", que mo endereçou e eu reencaminho-o para amigos e bloguers com quem me identifico. ora, como gosto das tuas janelas... :)
    passa lá e confere.
    beijinho, amiga!

    ResponderEliminar
  4. pois, na realidade não tenho esta janela... da minha vejo apenas algumas árvores que dão vida à avenida principal.

    amigo, um imenso obg pelo selo :-)! vou já ao viagens conferir!
    beijo

    ResponderEliminar
  5. gosto de janelas e esta é linda!:)

    ResponderEliminar
  6. Lindo é o que a janela nos oferece:
    luz
    sombra
    espaço
    estrutura
    cor
    linhas
    formas
    texturas padrões...
    Pegando nestes elementos da linguagem visual, podemos recriar a paisagem, mesmo sem lhe alterar o conceito.

    ResponderEliminar
  7. é mesmo Em@, facilmente me imaginei a saborear aquele recanto...
    beijinho!

    ResponderEliminar
  8. por vezes associo muito as janelas a pequenos quadros vivos que nos dão sempre uma nova variedade de cores, sombras e elementos...a paisagem que se recria.
    beijinho Miguel

    ResponderEliminar

neblina

o rasto de fumo apagava-se na porta entreaberta e ficava o silêncio da noite e uma ou outra palavra por dizer. O cheiro do cigarro apagado e...