4.7.10

insónia

só o som da caneta a riscar o papel e a penumbra da noite... no silêncio.
mais um roubo ao sono, por um, dois, quatro quadrados de chocolate.
abro a janela e só as folhas balançam doces no vento e no tempo.
só o rádio que liguei para me fazer escrever...
há nas insónias um mundo desencantado de fadas, cinderelas e sapatos de cristal. os morcegos espreitam e rejubilam de alegria trocista, as vozes da noite ecoam mais alto que as doze badaladas de um relógio encantado. e nem varinha mágica ou vestido de baile, apenas o corpo no sossegado silêncio que não dorme...
o rádio toca, e a harmonia das crianças respiram um sono leve... é o meu momento, ainda que breve...

4 comentários:

  1. Aqui estão os lados positivos das insónias :)
    Eu gosto da magia da noite!

    Um beijinho*

    ResponderEliminar
  2. o eu e os outros, o interior e o exterior, o dia e a noite... o mundo desencantado e o relógio encantado...
    um beijinho!

    ResponderEliminar
  3. a noite tem um lado mistério que encanta...
    Obg Anita, beijinho!

    ResponderEliminar
  4. os opostos que se tocam no cerne de tudo...

    adoro pensar em relógio encantado :-)
    beijinho!

    ResponderEliminar

neblina

o rasto de fumo apagava-se na porta entreaberta e ficava o silêncio da noite e uma ou outra palavra por dizer. O cheiro do cigarro apagado e...