13.2.10

.

Depois de um dia frio que até parecia pesar o ar de tão densamente gelado... o sol voltou e já aqueceu ao de leve a varanda onde poderiam viver flores...o brilho do sol já se estendeu timidamente pelas paredes frias da casa.
Um pouco de dedicação à desordem da casa e o ar toma uma tranquilidade que os olhos também precisam...
A perspectiva de uns dias de ócio mesmo que apenas ilusão é de alguma tão reconfortante...

1 comentário:

  1. Oxalá o sol tenha brilhado, de modo vivo e inteiro, dentro de ti, querida Amiga!
    Um beijinho com lápis de carvão branco!

    ResponderEliminar