8.9.09

Nas ruas...

Ontem parei os olhos nas paredes de uma rua em Queluz e hoje peguei em mim para fotografar os graffitis que me ficaram na memória.
Compreendo que nem toda a gente veja com bons olhos esta forma de expressão..., quanto a mim, é uma forma muito forte de expressar pensamentos, emoções ou até de eternizar um momento e por tudo isto não consigo ser indiferente a esta forma de arte que respira nas ruas.
Desde a antiguidade que o Homem tem a necessidade de esculpir nas rochas e paredes as suas mensagens e figuras simbólicas.
O graffiti pode ser feito legal ou ilegalmente, o seu conceito surgiu nos bairros mais estigmatizados dos Estados Unidos , mais precisamente em Nova York, durante a década de 70. O fenómeno atingiu a Europa nos anos 80 e em Portugal surgiu no final dessa década.
Aqui ficam nas paredes do meu blog ...





3 comentários:

  1. Existem graffitis que são verdadeiras obras de arte. Desde que feitos com civismo e bom gosto acho muito interessante essa livre expressão...

    Tem selo lá no meu cantinho.
    Beijo

    ResponderEliminar
  2. Fantásticos estes graffitis!

    Adorei a expressão "peguei em mim" porque me fez recordar a minha AVÓ de quem tenho tanta saudade, ela costumava dizer isso...

    http://daduvida.blogspot.pt/2011/04/stencil28.html

    http://daduvida.blogspot.pt/2010/12/stencil17.html

    Beijos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. são mesmo fantasticos, o primeiro e o segundo são os meus preferidos.

      :-) é bom recordar!
      Beijo grande

      Eliminar

neblina

o rasto de fumo apagava-se na porta entreaberta e ficava o silêncio da noite e uma ou outra palavra por dizer. O cheiro do cigarro apagado e...