8.7.09



No Lugar que chamo casa
com paredes de luar
cada sonho é um desenho
com vontade de lutar

Cada risco é como um grito
que canto e deixo no papel
cada sombra um poema
que se despe e livre, pássaro cruzando o céu

SER COMO UM DESEJO,
SER HERÓI NUM BEIJO
SOBRE A CIDADE
VIVER NUMA ESTRELA
E SEM DAR POR ELA
GRITAR LIBERDADE

...

1 comentário:

  1. Linda música, penso já a ter ouvido ...no antigamente...(já deve ter uns aninhos )...boa escolha!

    ResponderEliminar

neblina

o rasto de fumo apagava-se na porta entreaberta e ficava o silêncio da noite e uma ou outra palavra por dizer. O cheiro do cigarro apagado e...