14.6.09

Namasté



Namastê ou namasté é um cumprimento ou saudação falada, bastante comum no Sul da Ásia. Namaskar é considerado uma forma ligeiramente mais formal, mas ambas as expressões expressam um grande sentimento de respeito.

Utiliza-se na India e no Nepal por hindus, sikhs, jainistas e budistas. Nas culturas indianas e nepalesas, a palavra é dita no início de uma comunicação verbal ou escrita. Contudo, o gesto feito com as mãos dobradas é feito sem ser acompanhado de palavras quando se despede. Na ioga, namaste é algo que se dirá ao instrutor e que, nessa situação, significa “sou o seu humilde criado”.

Literalmente significa "curvo-me perante ti"; a palavra provém do sânscrito namas, "curvar-se", "fazer uma saudação reverencial", e (te), "te".

Quando dito a outra pessoa, é normalmente acompanhada de uma ligeira vénia feita com as duas mãos pressionadas juntas, as palmas tocando-se e os dedos apontando para cima, no centro do peito. O gesto também pode ser realizado em silêncio, contendo o mesmo significado. É a forma mais digna de cumprimento de um ser humano para outro.

Quando dito a outra pessoa, também poderá significar: "O Deus que há em mim saúda o Deus que há em ti".

3 comentários:

  1. "o deus que há em mim saúda o deus que há em ti"... muito bonito :)

    Agora com a novela dos indianos tenho aprendido muito. Claro que eu sei que nem todos os indianos são assim, mas estou a gostar muito de aprender mais sobre a sua forma de estar... desde os deuses e a estratificação social às coisas do dia-a-dia, tipo quem guarda a chave do armário :)

    Beijinhos e Namastê :)

    ResponderEliminar
  2. Um dos meus professores dizia que a cultura, é como a lanterna que tens para ver num mundo escuro, vês o que vês, e só te apercebes que há mais, quando... encontras outra lanterna. Se as duas luzes se juntarem verás muito mais, ou então muito melhor.

    Acho que é uma palavra sobre a qual devemos meditar... porque diz tanto... Namastê! InI

    Jah Bless

    ResponderEliminar
  3. Ianita,
    não conheço a referida novela mas fiquei curiosa.
    Bjinhos

    Lopes,
    sábias palavras...
    Namasté

    ResponderEliminar