17.5.09

voz dos anjos


Se ao menos soubesse a linguagem dos anjos
A melodia das harpas
As vozes celestiais que unem a terra ao céu...
Se tantas vezes perdesse o fio que me conduz
Os anjos, esses
Levar-me-iam no caminho da luz
Aos anjos cantaria
Para não desmoronar
A frase certa para me encontrar
Essa pediria ao luar
De joelhos caídos no chão
Em preces cantaria
Cravejando no solo a minha pele
Deixando entre céus a minha voz
A minha vida...
Como um hino que se solta
E se faz ouvir entre montanhas
Um eco ... uma história de vida.

1 comentário:

  1. És a Lua e tens a escrita dos anjos! Gostei muito!
    Um dia tens que reunir os teus poemas e mostrá-los a alguém que possa dar um feed-back de perito!

    ResponderEliminar