26.4.09

Frida Kahlo



Magdalena Carmen Frida Kahlo y Calderón (Coyoacán, México, em 6 de julho de 1907 - Coyoacán, 13 de julho de 1954) foi uma pintora mexicana.
Filha do fotógrafo judeu-alemão Guillermo Kahlo e de Matilde Calderón e Gonzalez, uma mestiça mexicana.
Ao contrário de muitos artistas, Kahlo não começou a pintar cedo. Embora o seu pai tivesse a pintura como um passatempo, Frida não estava particularmente interessada na arte como uma carreira.
Entre 1922 e 1925 frequenta a Escola Nacional Preparatória do Distrito Federal do México e assiste a aulas de desenho e modelagem.
Em 1925, aos 18 anos aprende a técnica da gravura com Fernando Fernandez. Porém sofreu um grave acidente...acidente que fez a artista ter de usar vários coletes ortopédicos de materiais diferentes, chegando inclusive a pintar alguns deles (por exemplo o colete de gesso na tela intitulada "A Coluna Partida"). Por causa desta última tragédia fez várias cirurgias e ficou muito tempo acamada. Durante a sua longa convalescência começou a pintar com uma caixa de tintas que pertenciam ao seu pai, e com um cavalete adaptado à cama.
Procurou na sua arte afirmar a identidade nacional mexicana, por isso adoptava com muita freqüencia temas do folclore e da arte popular do México.
"... Nunca pintei sonhos. Pintava a minha própria realidade".
No ano de 2002, sob a direcção de Julie Taymor, é lançado o filme que narra a história da pintora, interpretada pela atriz Salma Hayek. O longa metragem conta ainda com a presença de Alfred Molina, interpretando Diego Rivera.
No ano de 2008, a banda inglesa 'Coldplay' lançou um CD intitulado "Viva La Vida or Death and All his friends" inspirado no quadro da artista Frida Kahlo, também chamado de Viva La Vida. Chris Martin (vocalista) ficou encantado ao saber que mesmo depois de tantos percalços na vida da artista ela conseguira manter o optimismo, sobretudo, exaltando a vida nesse quadro.
Wikipédia

Sem comentários:

Enviar um comentário