16.4.09

Corpo de mulher pintado


Rasgos de teu corpo em tela perfumada
Contornos desenhados de tão linhas finas
De tão preciosa doçura...
Na expressividade da tua alma
Cores pastel esboçam
Traços que abrem caminhos
Em tela por pintar
No óleo a essência que em ti
Transborda ....
Alma que vagueia em sopros de vida
Seios que se esbatem nas cerdas do pincel
Ventre que fez nascer
Cicatrizes de quem deu vida
Memórias em corpo jamais esquecido
Silhueta que toma forma por entre os dedos
Dançante forma de ser
Borboleta que em voos
Díspares vagueia
Pincel que percorre tela sinuosa
Em firmes toques se revela entre cores
Tonalidades penumbras
...

Sem comentários:

Enviar um comentário